segunda-feira, dezembro 29, 2008

Dois poemas do Pr. Luiz Flor dos Santos


MINHA CIDADE

Mas os que esperam no Senhor renovarão as suas forças e subirão com asas como águias; correrão e não se cansarão; caminharão e não se fatigarão.
(Isaías 40.31)

Minha cidade acorda com os pássaros.
Com o galo levanta.
O silencio da paz está nela.
E a música harmoniosa da alegria encanta.

Na minha cidade não há sombras.
O medo se esvai.
Para seus labirintos Jorra águas de vida.
Minha cidade é a cada dia mais viva.

Minha cidade desabrocha como a flor.
Em seus jardins há flores enfeitadas de todas as cores.
Pequenas, grandes. Mas todas bem bonitas.
Todos os dias na minha cidade é primavera.
A vida é sortida. É cor.

Na minha cidade anjos cantam.
Se adiantam a proteger.
Nunca estão desatentos.
Agentes do bem viver.

Há um trono em minha cidade.
Nele se assenta Um que tudo governa.
Ele nunca dorme, nunca dormita.
Seu mirar a tudo cogita.

Na minha cidade há Um que instrui
Ilumina. Dirige. Ensina. Conduz.
Como um vento ligeiro impetuoso na sua vez
Tudo sabe. Tudo vê. Minha cidade reluz.

O sol de minha cidade nunca se põe.
Nem afadiga. Ilumina e trás vida.
Durmo com o Sol e acordo com o Dia.
Na minha cidade a lua é sempre inteira e muito bonita.

Na minha cidade a madrugada é tranqüila.
Ouço nela o silêncio de uma Canção inaudita.
A minha cidade é feliz. Cheia de risos.
Minha cidade é amada. Muito bem governada.



JOSÉ

Elevo os olhos para os montes: De onde me virá o socorro? O meu socorro vem do Senhor, que fez o céu e a terra. Ele não permitirá que os teus pés vacilem;
não dormitará Aquele que te guarda.
(Salmo 121.1-3).

Para cima, José!
Para cima!
Por que teu olhar insiste em ficar cá em baixo, José?
José, para cima a saída é mais fácil. Pode pôr fé.

Para diante, José!
Para diante!
Por que você insiste em olhar para trás?
Para trás ficam os perdidos e nada mais, José.

José, amigo, aceite um conselho:
Não olhe no espelho.
Nele as imagens ficam distorcidas,
Muito distantes ou muito perto.
José, não exite em subir o monte
De lá se vê tudo melhor.

Ai, amigo
Por que tanta depressão em teu semblante?
Para cima! Para diante!
Eleva teu coração, José.

José, não ouviste dizer, não:
Os que choram serão consolados?
Os que têm fome serão fartos?
Então, José, por que não olhas para cima?
Por que não deixas de ser tão turrão?

José ouvi alguém dizer com precisão:
Está alegre, cante,
Está triste faça uma prece.
Alegra esse teu coração, José

Não cesse, José!
Não cesse!
Há uma mão para te amparar.
Um ombro para chorares.
Um coração para te escutar.
Uma Providência para de ti cuidar.

Não desista, José. Nunca!
Não cesses, José. Jamais!
Para cima, José, sempre!
A providência nunca
Nem a Ti nem a mim abandonará jamais!

Para cima, José!
Tira a tristeza do olhar.
Tira a desilusão do coração.
Liberta tua alma e anda firme, então!

Leia muitos outros poemas no blog do Pastor Luiz: http://pulpito.blog.terra.com.br/

2 comentários:

josias LEONARDO disse...

LEGAL ESSA POPESIA, UMA RELEITURA DE JOSE, DE DRUMOND.MUITO BOA DA UMA LINGUAGEM EVANGÉLICA A ELA.VALEU, PASTOR

Cinema, café e poesia disse...

Recebemos do blog http://www.filmesqueedificam.blogspot.com/ a indicação para os selos "Prêmio Dardos" e "Blog de Ouro"!

Conforme as regras, indico alguns amigos da Blogosfera para compartilhar estes selos:

http://www.edificandocomapalavra.blogspot.com/

http://www.cacholacrista.blogspot.com/

http://joaobosco.wordpress.com/

http://poesiaevanglica.blogspot.com/

O que representa o Prêmio Dardos

Com o Prêmio Dardos se reconhecem os valores que cada blogueiro emprega ao transmitir valores culturais, éticos, literários, pessoais, etc. que, em suma, demonstram sua criatividade através do pensamento vivo que está e permanece intacto entre suas letras, entre suas palavras. Esses selos foram criados com a intenção de promover a confraternização entre os blogueiros, uma forma de demonstrar carinho e reconhecimento por um trabalho que agregue valor à Web.

Quem recebe o “Prêmio Dardos” e o aceita deve seguir algumas regras:

1. exibir a distinta imagem

2. linkar o blog pelo qual recebeu o prêmio

3. escolher no máximo quinze (15) outros blogs a que entregar o “Prêmio Dardos”.

No caso do selo "Blog de Ouro", aplicam-se as mesmas regras.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...