sexta-feira, novembro 24, 2006

6 Poemas de Mário Barreto França (1909 - 1983)

Sobre as Ondas

Era noite. O alto mar se enfurecia...
Para o barco veloz que à morte avança,
Não restava uma simples esperança
De incólume rever a luz do dia...

Entre as brumas, porém, da noite fria
Aparece uma sombra, calma e mansa...
Era um fantasma? – Não! – era a bonança
Que em Jesus, como bênção, se anuncia.

Inda hoje o mar do mundo se encapela;
E, no barco da vida, já sem vela,
Não nos resta sequer uma ilusão...

Mas – Senhor! – sobre as ondas revoltadas,
Volta a trazer às almas torturadas
O consolo da tua salvação!




O Paralítico de Bethesda

De manhã quando o sol surgiu atrás de monte,
Beijando o céu azul, matizando o horizonte,
Aquecendo o aconchego esplêndido dos ninhos,
Despertando em canções os ternos passarinhos
E ungindo com o frescor dos lírios orvalhados
O tapete virente e mágico dos prados,
O vulto senhorial do Mestre Nazareno
Ia a Jerusalém, resoluto e sereno,
Ver os tradicionais festejos dos judeus
E, no templo, exaltar a grandeza de Deus.
Mas, levantando o olhar de fulgidas centelhas
O Mestre viu bem perto, à “Porta-das-Ovelhas”
O tanque de Bethesda – o tanque legendário –
Que de muitos curava o trágico fadário
De ser cego, aleijado ou mísero leproso...
Enorme multidão, em silêncio angustioso,
Desejosa, febril e crédula, aguardava
O anjo que por ali, de vez em vez, passava
Para movimentar as águas cristalinas,
As quais tinham, então, emanações divinas,
Que curavam a quem primeiro ali entrasse,
Qualquer que fosse a dor que lhe martirizasse...
Estava lá também um desses infelizes,
Cuja dor deixa n’alma as fundas cicatrizes
Do desespero atroz, dos grandes desenganos
De esperar, sempre em vão, por tanto e tantos anos...
O Mestre, conhecendo a grande persistência
Daquele coração, moveu-se de clemência
E, olhando-o, perguntou: - “Queres tu ficar são?” –
Numa voz que traduz grande desilusão
Respondeu-lhe: - “Senhor, eu não tenho ninguém
Que queira me ajudar ou que me faça o bem
De lançar-me no tanque ao serem agitadas
As águas de Bethesda, as águas abençoadas,
Pois quando eu vou, já desce alguém antes de mim
E retorna curado... e eu continuo assim...
Na esperança de que a cura desta doença
Um dia me trará a eterna recompensa...
Aquela confissão ouvindo-a como prece,
Daquele pecador Jesus se compadece,
Dizendo-lhe: - “Levanta! E toma a tua cama
E anda!... corre!..., proclama a tua fé!... – proclama
Ao povo de Judá que Deus ouviu teu grito,
E consolou enfim teu coração aflito!
E ele vai na explosão de uma alegria santa:
Sendo feliz, sorri e, estando salvo, canta;
Deixando extravasar a gratidão profunda
Que todo o coração, toda a sua alma inunda...
Porém se alguém lhe indaga, em natural anseio:
- “Quem foi que te curou? De qual lugar te veio
o dom que te livrou daquela enfermidade?
E quem te dispensou tão grande caridade?”
Ele apenas responde: - “Eu só sei que estou são,
Que sinto a alma remida e alegre o coração,
Pois Aquele a quem devo a salvação e a paz
Somente me ordenou que não pecasse mais!...”




Louvai ao Senhor
(Salmo 150)


Louvai a Deus no eterno santuário!
Louvai-O no esplendor do Seu poder!
Louvai o Seu amor extraordinário,
na excelência do dom de oferecer.

Louvai-O com saltério e harpa, hinário
para o culto ideal da cada ser;
louvai-O com adufe, flauta e o vário
sistema de tocar pra agradecer.

Ó, louvai-O com símbalos sonoros,
com instrumentos de sopro, corda e em coros,
ao órgão altissonante e com tambor.

Tudo quanto tem fôlego erga hinos;
e o que tem voz, em cânticos divinos,
exalte e louve o nome do Senhor!




É sempre justo o que Deus faz

Ao ler as Sagradas Escrituras
de Deus, de Suas crenças puras,
sinto que algo de bom nos satisfaz,
porquanto tudo o que é celeste
de uma beleza sã se veste:
- É sempre justo o que Deus faz.

Nos meus instantes de tristeza,
quando minha alma à dor é presa,
suplico aos céus paciência e paz,
eu sinto então que o Pai me escuta
e dá-me alívio nessa luta:
- É sempre justo o que Deus faz.

Quando o desânimo me alcança,
arrebatando-me a esperança
e me obrigando a olhar atrás,
eu clamo aos céus, de porta aberta
que do fracasso me liberta:
- É sempre justo o que Deus faz.

Quando parece que a derrota
meu ser em crise logo nota
e ao meu redor nada me apraz,
eu ouço logo nesse instante
a voz do céu dizer-me: - Avante!
Que é sempre justo o que Deus faz.

Quando o pecado atroz insiste
que eu faça o mal, o mal conquiste,
ao Pai Celeste eu clamo mais
e Ele me dá novo incentivo
em cujo bem desperto e vivo:
- É sempre justo o que Deus faz.

Se tu estás enfraquecido
porquanto aos erros dás ouvido
e às faltas vis, ouvido dás,
apela ao Pai com fé e zelo
que Ele ouvirá o teu apelo:
- É sempre justo o que Deus faz.




Boa Noite

Foi numa noite triste - uma noite chuvosa -
Que a notícia chegou, soturna e dolorosa,
À casa do Pastor:
- "No centro da cidade,
Houve um grande desastre: uma fatalidade!
Um ônibus checou-se a um bonde e desse choque
Saiu muito ferido o Reverendo Roque...
E de lá do hospital lhes mandava um apelo:
Para irem visitá-lo, irem depressa vê-lo,
Pois talvez não tornasse a ver a luz do dia...
" Que notícia infeliz! Que noite amarga e fria!...
Quatro filhos e a esposa ergueram-se da mesa,
Movidos pela dor da trágica surpresa,
E saíram correndo em busca do hospital.
Entraram no seu quarto; o pastor fez sinal
Para chegarem perto; e a cada qual falava
Com o terno olhar de quem a todos venerava.
Dirigiu-se primeiro à esposa muito querida:
- "Companheira fiel de toda minha vida,
Juntos temos andado e pela mesma causa
Trabalhamos com fé, sem um dia de pausa...
Hoje, como no dia em que te desposei,
És a mesma mulher e amiga a quem amei
E amo com o mesmo ardor dos meus vinte e dois anos,
Como haverei de amar nos celestes arcanos...
Boa noite, esposa amada! Outra vez nos veremos
Quando juntos, no céu, ao Senhor louvaremos."
- "E a ti, Maria, que és minha primeira filha
E foste o meu prazer, seguindo a mesma trilha,
Boa noite, filha! Agora em paz com Cristo vai;
E não te esqueças mais do meu amor de pai!"...
- Boa noite, meu Guilherme! Ó filho dedicado,
Tua vida de fé em nosso lar sagrado
Foi o mais belo exemplo, a melhor recompensa
Que Deus me concedeu à luz de minha crença;
Continua a crescer nas virtudes cristãs
E sê o protetor de tua mãe e irmãs!"
- "Célia, filha extremosa e cândida, boa noite!
Foste uma luz na treva, um bálsamo no açoite
Da ingratidão do mundo... Ah! me recordo agora
Daquele instante bom, daquela ótima hora
Em que rendeste a Deus tua alma arrependida,
Deixando-a ao Seu dispor pelo resto da vida...
Mais uma vez: boa noite, ó filha dedicada!
Que o Senhor te conserve em sua obra sagrada!"
... Carlos - terceiro filho - olhou o pai, sentido,
Porquanto à irmã mais moça o havia preferido...
E o motivo lhe vinha inexoravelmente
Ao triste coração, à alma convalescente:
Fora, há tempo passado, um bom servo da Seara
E ao lado de seu pai ativo trabalhara...
Mas, companheiros maus e a péssima influência
De colegas sem brio, arparam-lhe a consciência,
Fazendo-o recuar, a batalha do amor
E apostatar da fé em Deus, nosso Senhor.
Chegou mais perto e ouviu o pai, triste, dizer:
- "Adeus, Carlos! Adeus! Fugiste ao teu dever!...
Eu quisera poder falar-te as mesmas cousas
Que disse à tua mãe e irmãos... Porém, nem ousas
Encarar-me... Esquecestes os bons conselhos meus...
Porém eu te amo ainda!.. Adeus, Carlos! Adeus!"
... Carlos, caindo aos pés do leitos, soluçando,
Perguntou: - "Pai, por que aos outros, osculando,
Você disse: 'Boa noite'! e a mim só disse: 'Adeus'?
- "É que aos outros, meu filho, espero-os lá nos céus,
Para entoarmos a Deus, por nossa salvação,
O cântico eternal da nossa gratidão!"
- "Meu pai! (Carlos confessa em lágrimas de joelhos)
Eu prometo a Jesus seguir os seus conselhos!
Eu já me arrependi! Eu lhe falo a verdade!
Vou dedicar a Deus a minha mocidade,
Servi-lO para sempre!..."
- "Assim sendo, meu filho,
Posso agora dizer, sem nenhum empecilho:
- "Boa noite, filho meu!"...E, tendo dito isto,
Suavemente expirou... e descansou em Cristo.
Ó tu que andas gastando a tua mocidade
Nas orgias do mundo ou na incredulidade;
Tu que buscas na Ciência ou na Filosofia
Explicação para alma ou pra matéria fria;
Tu que não crês em Deus ou na vida futura;
Tu que vives sofrendo ao peso da amargura;
Ou tu que já seguiste o caminho da cruz
E hoje negas, sem fé, o nome de Jesus;
Pára! Volta! Que a morte horrenda e traiçoeira
Pode cortar-te ao meio a alígera carreira
Para o desconhecido!... Então, o Eterno Deus
Apenas te dirá: - "Ó filho ingrato, adeus!"
Porém se, arrependido e em lágrimas, voltares
Ao aprisco de Deus, ao regaço dos lares,
Ele então te dirá, cheio de paz e amor:
- "Boa noite! Entra, afinal, no gozo do Senhor!"




Invocação

Meu Jesus, Te invoco
para o meu louvor,
dá para minha alma
Tua paz, Senhor!

Teu convívio santo
faz-me tanto bem;
sê meu guia ó Mestre
neste mundo e além!...

Nada tenho puro
no meu coração;
eu só posso dar-Te
minha gratidão.

De que serve a vida
na afeição do lar
se não vives nele
pra se crer e amar.

Põe nos meus anseios
a visão da cruz,
para que eu Te possa
bem servir, Jesus!

Meu consolo eu acho
no Calvário atroz;
e no meu silêncio
eu Te escuto a voz.

Pela Tua causa
neste mundo ruim
possa eu dar-Te, ó Cristo,
o melhor de mim.

Que eu deseje sempre
nos caminhos meus:
- Paz na terra aos homens
- Honra e glória a Deus!

22 comentários:

Elisabeth Lorena Alves disse...

Amo Mario Barreto França e acho dificuldade em encontra - lo na net.
Obrigada.
Assim que tiver tempo, linco no meu blog...
Peguei um poema para colocar no meu perfil
Beijitos
Shalon
Elis

Ismênia disse...

Tenho muita admiração por Mario Barreto França,Desejo ardetemente uma cópia das poesias "Só preciso de Amor ", "A dadiva de Maggie "," e o sino não tocou",e Traço de União.Quem puder me ajudar, peço a Deus, que os abençõe.Grata.
centaureaster@gmail.com

Cris disse...

Gostaria de receber a poesia de Mario Barreto França, "E O SINO NÃO TOCOU...", procuro a tempos por ela e simplesmente não consigo encontrar...minha mãe é louca por essa poesia e vive me pedindo...gostaria que me enviassem para que eu pudesse presentea-la. Meu e-mail é:
spanishk@oi.com.br. Muito obrigada.

Adelma Menezes disse...

Cresci ouvindo as poesias de Mario Barreto França,na Igreja Batista em Corrégo do Ouro,Macaé RJ.
Gostaria muito ter acesso à estas, e em especial E O SINO NÃO TOCOU.
Se você a tiver ficarei agradecida em recebê-la.
O meu e-mail é: adelmajose@hotmail.com

Sonia disse...

Que Deus o abençoe. Querido irmão estou buscando a poesia de Mario Barreto França " O Último Combate" por favor se conseguirenvie no meu e-mail. "sosamazon@hotmail.com" Deusde ja o agradeço, fique com a Paz do Senhor.

eliane disse...

estou encantada com estas poesias creci ouvindo Mario Barreto França e tenho muito enterece em divulgar suas poesias assim outros poderão aprende-las.

Maria Isabel Pereira disse...

Boa tarde,
Onde posso comprar o(s) livro(s) de poesia de Mário Barreto França? e Qual o preço?
Obrigada
Maria dos Santos

spanishk disse...

Será que alguém poderia me ajudar enviando para meu e-mail: spanishk@hotmail.com
A poesia 'E O SINO NÃO TOCOU..." de Mario Barreto França???
Desde já, agradeço imensamente.

Vanger disse...

CONHEÇO ESTE POETA DIVINO ATRAVÉS DE MINHADIVINA ESPOSA.
E SE ALGUÉM TIVER A POESIA POR NOME: DUAS TAÇAS, PEÇO POR FAVOR ENVIAR-ME.
GUINE50@HOTMAIL.COM.
SEREI ETERNAMENTE GRATO.

Flavia disse...

minha mae em toda minha vida, ouvi contar as poesias de Mario Barreto frança, td vez é como se fosse a primeira. amo muito td isso.

Liliane disse...

alguem tem o poema "Amor de Mãe" de Mário B. França pra me passar?? eu decorei essa poesia tem uns 3 anos, preciso relembrá-la para uma homenagem e não consigo encontrar.. se alguém puder me enviar por e-mail ficarei muitíssimo grata.. eu tenho uma pra fazermos uma troca.. tenho "Só Preciso de Amor".. obrigada!!

Tennyson disse...

Olá, necessito de uma ajuda e creio que vcs podem me ajudar. Há um poema de MBF intitulado Saulo de Tarso que meu pai declamava de cor. Meu velho já não está entre nós; sinto muitas saudades dele; gostaria que alguém enviasse o poema para cgtennyson@gmail.com. certo da vossa atenção, desde já agradeço.

ray disse...

ola! gostaria de receber as poesias de mario barreto frança: e o sino não tocou, os ultimos pontos,a filha do soldado. meu email " rayliz1@hotmail.com

aureafeitosa03 disse...

Amo as poesias de Mário Barreto França e Jonathas Braga; gostaria que alguém q as tem me enviasse, por favor façam isso por mim, Deus tbm agradece. meu e-mail é: aureafeitosa03@hotmail.com

MARTA BETÂNIA disse...

Marta Betania

Por favor gostaria de comprar o livro de Mário Barreto França "Primícias da minha Seara". se alguem tiver entre em contato comigo.tia.marta.betania@hotmail.com
Marta Betania

Zetinha Ricardo disse...

Sou, evangélica e tenho prazer em declamar as belas poesias do autor, preciso adquirir o livro Sob os Céus da Palestina,gostaria de entrar em contato com alguma editora evangélica para adquirir este e outros livros do referido autor. Segue abaixo meu endereço parta contato.zetinharicardo@gmail.com
Grata aguardo respostas. Marlizete

Crisostenes disse...

Nasci e vivi a minha infância ouvindo a minha mãezinha querida declamando as poesias de Mario Barreto França. Havia regosijos dos nossos irmãos e gostaria muitíssimo de que se alguém tiver a poesia de MARIO BARRETO FRANÇA QUE TEM POR TÍTULO: MENSAGEIROS DE DEUS, por favor, me envie. Ela precisa dessa poesia e por isso faço esse apelo aos nossos internautas que adoram poesias.
meu e-mail É: guitarrista_cris@hotmail.com
Abraços à todos

Zetinha Ricardo disse...

Caro amigo e irmão,agradeço a gentileza de ter-me enviado essas poesias.Assim como você, eu também sou amante da poesia e grande admiradora do poeta Mário Barreto. Declamo as poesias dele sempre que tenho oportunidades nas igrejas; elas são de fato inspiradas por Deus e uma grande relíquia para a história da poesia evangélica. Precisamos sim formar uma rede de amigos para resgatamos esse bem tão precioso e distribuirmos a todos os interessados. Atenciosamente: Marlizete

Vendasexclusivas disse...

Sammis Reachers, Escrevi para vc antem a respeito dos livros de Mario Barreto França e Eliude Marques, mandei um outro email sobre Mysthes Mathias para que vc venha a analizar só esqueci no email de te dizer que também tenho A poesias da Mysthes Avulso "Anel de Grau" (Recordando Helinho), no culto de domingo na minha igreja estarei declamando de MDF o Beijo da Redenção.

Um abraço todo cordial do amigo Anacleto - Bom Jardim - MA.

joziane ramos disse...

obrigado por postar a poesia boa noite há tempos que procuro, achei, fiquei feliz, Deus te abençoe, pois recorda a minha infancia

Vivi disse...

Olá! Alguem teria a poesia do Mario - Só preciso de amor? Me envie por favor! vivi_diberardo@hotmail.com. Agradeço desde ja!

lena disse...

Ola boa noite. Estou aqui porque preciso muito de um poema de MBF qu se intitula Saulo de tarso por favor se alguem tiver mande para o email lenichagasouza@gmail.com desde ja agradeco muitissimo.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...