terça-feira, fevereiro 19, 2008

3 poemas de Carlos Vicente Coutinho Neto


CHUVA

Tu que te identificas com a chuva
E observas as gotas de caos a bater em tua janela;
Tu que tens teus gritos abafados pelos relâmpagos
Que retumbam em tempestade de luto e de desespero;

Deus te ama muito.
Deus tem um plano para ti.
Pois os campos serão férteis
Depois da estação das águas.


PORQUE INCONFORMADO VI

Porque inconformado vi
A idolatria de imagens de barro
Imagens com vendas nos olhos
Cegas surdas mudas
Feitas maiores que a Verdade
E por isso Mentira.

Porque inconformado vi
Polivalente e poligâmico o comportamento do homem
Viciado e putrefato o corpo do homem
Corrompido e canceroso o espírito do homem
Cogumelos que pareciam até viçosos entre as maçãs
Mas que nem por isso deixavam de ser fungos.

E percebi
Que era também minha a missão
De restituir-lhes ao menos em parte a dignidade.

Por cada espaço vazio no Reino dos Céus
Por cada túmulo de eterno pranto
Eu responderei.

E enquanto o mais humilde será exaltado perante o Senhor
Eu ficarei sozinho
E ser-me-ão atirados ao rosto
Os títulos, medalhas, contra-cheques, elogios,
Tudo inútil.


POEMA DO PERDÃO

Perdão.
Eu me excedi.
Se soubesse antes medir as conseqüências
Não faria tudo o que fiz.
Não diria tudo o que disse.
Não causaria náuseas a mim mesmo.
Não seria ponto de referência às nuvens negras.
Não precisaria ser alpinista de abismos.
Não precisaria mentir duas vezes.
Não seria propagador das cinzas.
Não Não Não.

Aos que conheceram minha pior face,
Perdão!

Poemas do livro inédito "O Cavaleiro Negro - poesia completa de adolescência - 1994-2004."

4 comentários:

Verme de Canteiro disse...

Essa é barbada! Eu e todo o universo Cristão, dos adolescentes aos adultos, devemos ter esse verso em nossa prática de vida!

Abraço,
Mauricio ./.

Sidnei Moura disse...

Paz!

Muito obrigado pelas brilhantes palavras dedicadas ao meu blog.

Postei um link em sites recomendados em meu blog com a finalidade de divulgar este blog de poesias.
parabéns pela iniciativa!

Abraço.

laerço dos santos disse...

AS ERAS DA NOSSA VIDA:NOVO MILÊNIO


O tempo vai,,o tempo vem
E a gente vai passando
O tempo nos ausentando
Fica saudades de alguem.
É pura realidade
Sem nenhuma vaidade
Não escapando ninguem.

Passam dias,meses,anos
Nas azas do tempo voam
Nossas vozes que ecoam
De invernos a outonos.
Somem em velocidades
Silêncio na eternidade,
por tempos...ano após anos!

As eras da nossa vida,
Tempos,épocas atras,
Passaram...não voltam mais
Esquecendo toda lida.
O século vinte,jamais!
Dois mil,só aos ancestrais!
Pois é etapa vencida.

É o tempo da invenção
Do balão,tinta,tinteiro,
Do telégrafo. Ligeiro
Fez-se o carro,o avião;
Computador,qual um gênio.
Foi-se o segundo milênio,
Temos o terceiro,então.

aqui passaram os tempos
Eras,anos,épocas atras
Passados não voltam mais,
E no presente há inventos.
Devo a Deus agradecer,
Novo milênio já ter,
Nos dotando de bons tempos!!!


Autor: Laerço dos Santos

laerço dos santos disse...

SEPULTANDO O EGO.


Senhor..
Deus de amor e justiça que és,Faz que transforme todo o meu ser
P'ra que eu perdoe todos os homens crués,que me perseguem...
P'ra nunca responder com más ações,a todos os infiéis!
Ôlho por ôlho,a quem me ofender;Mas dár as mãos a quem me joga os pés!

Senhor...
Sei ser dificil tão grande mudança,mas é preciso mudança total,
Do meu viver,querer e praticar;
Porem em tí,tenho toda esperança,de libertar-me da ira,do mal!
Pois em tí só ,eu ponho a confiança,pagar com o bem,a quem me faz o mal.

Senhor...
No teu perfeito amor eu me apego,p'ra que em mim,nasça eu mui anelo;
Seu mandamento é:"ao semelhante,ter amor",forças eu muito emprego;
Sem fingimento,por amor sincero,negar-me ao !Eu"
E ser amante até,de inimigos....sepultando o ego!!!


Autor: Laerço dos Santos

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...