segunda-feira, setembro 21, 2009

Dois poemas do Pr. Joed Venturini

*
Nascer do sol visto de meu terraço. Uso liberado (CC)

Lá, saudades do céu

Onde estou hoje, já estiveste um dia
Onde estás agora, um dia também estarei
Essa esperança me consola e me guia
A idéia de que contigo sempre ficarei

Lá encontrarei o melhor de cada estação
O aconchego do inverno, a alegria do verão
A nostalgia do outono, o romantismo da primavera
Tudo muito além da imaginação ou da quimera

Lá o horizonte será um constante amanhecer
Pois a luz de ti virá em beleza radiante
E Tu serás a fonte de onde vou beber
O alimento será doce, forte, confortante

Lá, saberei razões que nunca conheci
Para onde foi todo o tempo que perdi
O que estava nas montanhas que não escalei
O que ficou atrás das pedras que nunca virei

Lá, o tempo já não fará sentido
Desvendada para mim será toda a verdade
Recordarei o bem há muito esquecido
Em teus olhos verei a eternidade

Lá serei cercado de mensageiros sem idade
Respirarei a paz da tua santidade
De justiça já não terei mais fome
Verei o Rei que sabe o meu nome

E se comparo com este mundo a tua morada
Perdoa, Senhor, a minha mente limitada
É que só conheço aqui esta tua criação
Aceita Pai, te peço, minha humilde adoração



1 João 4:4 - Maior é...

Maior é o que está em nós do que o que está no mundo.
Mas quantas vezes andamos errados
Vacilando no caminho, tristes e cansados.
Num mundo cheio de angústia e solidão,
Tomamos por amigo fiel a televisão;
E em vez de despertar para a vida,
Esperamos a recompensa da nossa pouca lida.

Maior é o que está em nós do que o que está no mundo.
Mas nosso trabalho não demonstra poder,
Não espelha aquele que nos mandou vencer;
Em vez disso no nosso meio há confusão,
Nos criticamos em meio à tribulação,
Esquecemos por completo a ordem de amar
E deixamos o Espírito em último lugar.

Maior é o que está em nós do que o que está no mundo.
E no entanto fazemos tudo programado,
Nosso viver e agir parece pré-gravado.
A espontaneidade do Espírito cessou,
A inspiração do Senhor há muito acabou.
E ainda há aqueles que se levantam pra dizer
Que tudo está certo no nosso modo de ser.

Perdoa-nos oh Pai, tantas fraquezas,
A mesquinhez, a crueldade, as impurezas,
Porque temos deixado de ansiar o céu
E temos coberto nossas vidas com um véu,
E ajuda-nos oh Pai, a nos levantarmos,
A viver como teu querer, a triunfarmos
E que em nossos olhos se veja bem fundo
Que maior é o que está em nós
Do que o que está no mundo!

Visite o blog do autor: http://poesiasecontosevangelicos.blogspot.com

4 comentários:

Dr. Joed Venturini disse...

Estes poemas foram escritos no campo missionário, onde nos aproximamos do Salvador por necessidade e urgência.
O resultado sào pérolas para a poesia evangélica.

Sammis Reachers disse...

Obrigado pelo comentário, Pr. Venturini. Realmente no front é que mais nos aproximamos de Deus, pois é onde mais precisamos dele.

Um abraço meu amado!

Joed Venturini disse...

Boa Noite, Sammis, na verdade quem fez o comentário anterior foi minha esposa Ida, compartilhamos o mesmo email. O motivo dela mencionar pérolas foi, possivelmente, por me ver acordar à noite, nos tempos de maior crise e batalha na Guiné, para escrever. Esse é o meu modo de manter o foco no Senhor, orando e escrevendo. quando algo nos incomoda ou angustia devemos sempre escrever e lembrar que o Senhor está conosco. Abraços, Joed Venturini

jf.aguiar disse...

Querido irmão Joed, estou me alimentando de seus belos textos
vou continuar lhe seguindo estamos com saudades do casal missionário.
Vou continuar atento que o Senhor os abençoe. Eu sei que o irmão esta
muito atarefado mais por favor entre em meu humilde blog: virtudemaiorblogspot.com ficarei muito honrando com suas criticas e opiniões. A Paz de Cristo, irmão
Aguiar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...