domingo, outubro 24, 2010

Dois poemas de Mário Barreto França

.
nau Pictures, Images and Photos


Nau da Vida

Para levar a nau da vida a porto amigo,
Senhor, eu já não sei o que resolva ou faça,
Pois o vento da angústia é contínua ameaça
À rota que tracei e, humílimo, prossigo...

Se os escolhos fatais da ingratidão consigo
A custo ultrapassar, se o frio da desgraça
Gela as águas do mar por onde o barco passa,
À luz do céu, transponho as névoas do perigo...

Eu penso desistir, às vezes, dessa viagem,
Mas, quando vou descer as velas da esperança,
Tu vens, como um farol, reacender-me a coragem.

Dá-me, pois, meu Senhor, em meio aos vendavais,
A fé para vencer a Dor que fere e cansa
E, em teu porto, lançar minha âncora da paz!



Uma Grande Missão

Interroga a tua alma e vê se nela existe
O sentimento bom da solidariedade,
E procura levar ao coração que é triste
O bálsamo feliz de tua caridade.

Há gente por aí cuja vida consiste
Em queixar-se de Deus pela dor que lhe invade,
E a maldizer o céu por tudo que lhe assiste
Nos dias de pesar, nas horas de saudade.

Mas se alguém lhe levar, caritativamente,
A Palavra de Deus e um pedaço de pão
E alimentar-lhe, assim, o corpo e a alma doente,

Terá tido no mundo uma grande missão:
Porque nada é mais nobre e mais santo que a gente
Conseguir consolar um triste coração!

3 comentários:

Waleska Frota Catunda. disse...

Parabéns pelo blog.Jesus é o
senhor de nossas vidas.

Juliana de Araujo disse...

Lindos poemas...
Que não cansemos de fazer o bem como o apóstolo Paulo oriente.
Que usemos nossos dons tão-somente a favor dos nossos irmãos.
Paz, Ju

Adenísio dos Reis disse...

Parabéns pela iniciativa. Que Deus o abençoe por esse blog.

Se puder, visite o meu:

http://palavrascuram.blogspot.com/

Paz !

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...