quinta-feira, agosto 16, 2012

Três poemas de Luciano Motta




Liturgia
louvores
adoradores
cantores
expectadores
apresentadores
recreadores
amplificadores
muitos refletores
alguém para viver tantos címbalos de amores?
preletores
oradores
gesticuladores
auto-ajudadores
vendedores
nos televisores
encantadores
vários atores
alguém para portar o cajado dos reformadores?
dizimadores
barganhadores
chantageadores
aproveitadores
ostentadores
aliciadores
cobradores
quantos credores!
alguém para doar de seus próprios valores?
(selah)
A Cruz
I
N
T
E
M E U . H O R I Z O N T E
V
E
N
Ç
Ã
O

R
A
D
I
C
A
L
N
O

Mente de Cristo
mente de Cristo
no trabalho, na rua
em casa, na escola
em Marte ou na Lua
mente de Cristo
para amigos, vizinhos
com outros crentes carolas
ou quando ninguém vê, sozinho
mente de Cristo
em silêncio, no ditar de pensamentos
que enervam as pulsões
da religiosidade, tormentos
mente de Cristo
no fogo estranho que arde
pela combustão das ilusões
de uma fé dobre, covarde
mente de Cristo
uma, duas, três…
quantas horas por dia?
opa! mais uma vez
Visite os blogs do autor: http://versarviver.wordpress.com

2 comentários:

John L.S. disse...

Muito bom, apreciei muito!

Grande abraço ao poeta e ao amigo Sammis!

Marcos Andre - Professor disse...

Finalmente pude visitar essa página de novo, estava com saudades,tenho escrito sempre e gosto de apreciar as poesias dos amigos e irmãos que passam por aqui.
Deixo um abraço amigo ao poeta Sammis Reachers. E meus parabéns por esse espaço.

Deixo um convite para visitar meu blog de poesias.
Vou continuar lendo as obras que aqui estão, faz uma visitinha lá e me
deixa algum conselho ou crítica, ou simplesmente olhe.

TEMPO DE PAZ
http://umtempodepaz.blogspot.com.br/

Marcos André

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...