segunda-feira, setembro 22, 2014

A poesia de May Sousa


De que me adianta ganhar um mundo repleto
E perder teu olhar 
Teu amor que aqui estava
E estava, perto
De que me adianta juntar na terra
Se no reino celeste, tudo se apagará
De que me adianta estar de olhos abertos
se minha alma perder a vontade de te contemplar
Ah,santo e eterno!
Aprendi contigo que sou viajante
Este lugar nao me pertence,tô de passagem.
E de nada me adianta ganhar um grande mundo
e perder minha pequena alma.

Súplica de poeta
"Deus,
Permita-me ser:
Legenda tua!
Fazer-te conhecido,com tinta e papel".



Cerca-me
Toma-me
Faz de mim terreno teu
Rega-me
Cultiva-me
Mantêm teu olhar zeloso
No meu baldio coração.

Verbaliza 
A palavra que me falta
Conjuga
O tempo que se foi
Sintetiza
O emaranhado de palavras que me invadem
Ah... 
Deus,
Faz de mim verso
Escreve com teu sangue
As palavras que te convém
Poetisa-me

2 comentários:

Velho Pescador disse...

Súplica de poeta.

Fantástico. Profundo. Lindo!
Parabéns!

Marya Santos disse...

Lindo parabéns!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...