domingo, março 19, 2017

Quatro poemas de Emilio Conde


MOCIDADE CRISTÃ

Cabe a ti, mocidade cristã,
Seres a esperança de amanhã;
A coluna viva da verdade,
Pregoeira de paz e liberdade.

Como as rosas de raro odor,
Que adornam o jardim do Senhor,
Para servir foste chamada,
De Cristo a causa, nesta jornada.

Não te seduza a falsa riqueza,
Não te empolgue a falsa pureza,
Conserva a fragrância das flores,
E serás poupada das dores.

Não são as vaidades ilusórias
Que outorgam as grandes vitórias.
Porém de Cristo a santidade,
Perdura por toda a eternidade.


RESSURREIÇÃO

Folgai, cantai a morte foi vencida,
Vazio o sepulcro foi encontrado;
Cristo ressurgiu, triunfou a Vida,
No céu foi recebido, e glorificado.

Não podia o pó reter a majestade,
Nem a morte a Vida dominar;
Sendo Cristo o "Pai da Eternidade",
Em Sua missão devia triunfar.

Ressurreição, hino de esperança
De todos aqueles que em Jesus crerem
A ressurreição também a alcançam
Aqueles que, fiéis, em Cristo morrerem. 


OS ANJOS ANUNCIAM

Coros divinos, em doces canções,
Ao mundo anunciam mensagem de amor:
É Cristo que veio salvar as nações,
Dando-lhes esperança de vida melhor.

As Boas Novas que os anjos trouxeram
A nós, aos pastores, e a toda a gente,
Foram confirmadas pelos que vieram
De terras distantes, os Magos do Oriente.

A luz portentosa que em Belém raiou,
Aos homens tementes deu santa alegria.
Por campos e vales a nova soou,
Que em Belém de Judá o Cristo nascia.

Não fora somente ao povo da terra
Que o Salvador viera alegrar
Enquanto Herodes lhe fazia guerra,
No templo Simeão podia cantar.


UM DIA ACONTECERÁ

Da terra os salvos serão arrebatados,
Um dia isso acontecerá.
O pranto em gozo será transformado,
Um dia isso acontecerá.

Provações e lutas serão aqui deixadas,
Um dia isto acontecerá.
Venceremos os perigos que há nas estradas,
Um dia isso acontecerá.

Viver feliz no lar eternamente, eu vou,
Um dia isso acontecerá.
Ver as mãos feridas de quem me salvou,
Um dia isso acontecerá.

Do livro Flores do Meu Jardim (Editora CPAD, circa 1957).

Um comentário:

MCB disse...

Lindos poemas!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...