segunda-feira, novembro 13, 2017

Posso Todas as Coisas, poema de Carlos Stracci


Posso Todas as Coisas

Às vezes eu sou caminhante, às vezes eu sou um caminho.
Às vezes eu sou uma festa, em outras um homem sozinho.
Eu posso andar entre as pedras, eu posso andar entre espinhos.
Eu posso voar como as aves, às vezes nem saio do ninho.
Às vezes eu fico no escuro, às vezes eu sou um farol.
Tem dias que parece que chove enquanto lá fora brilha o sol.
Às vezes eu sou só saudade, eu choro sem ter um motivo.
Mas só em Deus eu confio, nele eu me movo, respiro, existo.
Eu posso todas as coisas naquele que me fortalece,
Eu só não posso viver longe deste amor.
Posso viver qualquer coisa, naquele que me fortalece,
Eu posso todas as coisas em Jesus.

Um comentário:

Velho Pescador disse...

Aleluia!
Excelente

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...