domingo, dezembro 17, 2006

4 poemas do Pastor Ricardo Gondim

Sopro Divino

Sôpro, sibilar suave,
som sutil e silencioso.
És o Espírito que nos sustêm.
Substituto do Soberano ausente.
Sensível sentinela.
Semelhança do Salvador.



O pão do céu

João 6.53-58.

Tu és o pão que produz paz
Tu és a paz que provém do Pai
Tu és o Pai presente em Espírito
Tu és o Espírito que me preenche

Quero entrar no rio de Deus.
Quero beber da vida do Filho
Quero comer das palavras do Pai
Quero viver a vida do Espírito

Dá-me de ti – através do teu sangue
Dá-me da tua palavra – através do teu corpo
Dá-me de tua vida – através do teu Espírito
Dá-me mais do Senhor – através de Jesus.



Vozes.

“As minhas ovelhas ouvem a minha voz”. – Jesus de Nazaré.

Há muito meus ouvidos se fizeram surdos;
não distingo o imperceptível som de tua voz.
Peço-te que só mais uma vez fales “Efatá”
e se abrirão os meus ouvidos.

Quero ouvir teu chamado
para seguir a imponderável senda dos profetas
que mesmo debaixo de chuva de granizo,
defendem a viúva e o órfão.

Quero saber ouvir tua voz de dentro
das delegacias sujas,
dos manicômios de muros altos
das enfermarias esquecidas.

Quero ouvir teu lamento
sobre as nações
que rejeitam os pacificadores,
que apedrejam os esfomeados de justiça,
que se esquecem de abrigar o estrangeiro.

Quero ouvir teus conselhos
sobre os perigos da riqueza,
sobre os religiosos que guardam a letra
como ortodoxolatria,
sobre a estupidez de ganhar o mundo
e deixar a alma entrevada.

Quero ouvir tuas histórias
sobre aquele homem bondoso
com um desconhecido caído na calçada
sobre aquele Pai que esperava no alpendre
seu filho cansado da orgia,
sobre aquele anfitrião que catou
os menos nobres para seu banquete.

Quero ouvir tua advertência
de que teus filhos não são poupados
das inclemências do mundo,
não desceste para estar conosco numa redoma.

Quero ouvir tua promessa
de que estarás ao nosso lado
em toda circunstância até que tudo termine,
de que enviarás teu Espírito que será
um leal conselheiros na verdade.

Quero ouvir teu sussurro
me confortando de que falta muito pouco
para festejarmos numa grande festa
para dançar e beber vinho de qualidade.

Se tuas ovelhas percebem tua voz,
quero, mais do que tudo,
que fales e responderei:
Teu Servo ouve.

Soli Deo Gloria.



Prece por todas elas.

Senhor,

lembra-te das mães que amamentam suas crianças especiais, elas nos ensinam o amor mais verdadeiro;
lembra-te das mães que esperam, domingo pela madrugada, nas calçadas das penitenciárias, a oportunidade de beijar os filhos encarcerados, elas nos avisam que todo amor faz sofrer;
lembra-te das mães que, sem dormir, aguardam seus filhos chegar, elas demonstram que zelo nasce do querer bem;
lembra-te das mães viúvas, elas se fazem de pais e são elas que tiram da morte seu poder de matar;
lembra-te das mães abandonadas pelos maridos, nelas está o eliminar pelo ódio ou o curar pela doçura;
lembra-te das mães solteiras na hora em que estão parindo, delas jorra o antídoto que enfraquece a culpa;
lembra-te das mães enlouquecidas confinadas em hospícios públicos, nelas a litania do amor dispensa qualquer nexo;
lembra-te das mães que agasalham seus filhos com jornais em calçadas urbanas, nelas o amor se transforma em teimosia;
lembra-te das mães que amamentam em campos de exilados, nelas reside a esperança, a barbárie e a indiferença humanas não conseguem relaxar a força do abraço;
lembra-te das mães que acabaram de enterrar seus filhos, delas se ouve o lamento mais dolorido e com elas ninguém esquece que é pó;
lembra-te de todas, todas as mães e outros órfãos como eu, não se sentirão esquecidos.


Homem de sólida cultura, o pastor Ricardo Gondim é um dos melhores articulistas evangélicos do Brasil. Vale a pena conhecer a obra deste servo de Deus. No site há estudos, artigos, poesias e muitos outros recursos. Vá ao endereço:
www.ricardogondim.com.br

Um comentário:

Rafal disse...

VEI Q MASSA PARABENS PASTOR

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...