terça-feira, dezembro 11, 2012

Três poemas de Heloísa Zachello



natal ou NATAL?


          João 1: 1 ao 14.

Não existe Natal sem Jesus,
pois não há Vida onde não há Luz.
O natal que ao mundo convém,
não é o mesmo Natal de Belém...

A cidade se enche de cores,
distribui-se presentes e flores;
O comércio vem nos seduzir,
para a gente comprar, consumir...

Eis a árvore com bolas e laços;
No ponteiro, o famoso noel.
Os duendes sustentam nos braços
uma faixa de “feliz natal”

E na mesa da ceia, já tarde,
digestivo não pode faltar,
pra poder se sentir à vontade
em comer, em beber, em brindar...

De manhã, zonzo e rabugento,
eis o mundo, torcendo o nariz.
Toma Boldo, e despreza o alimento...
É assim seu “natal bem feliz”...

que se esvai de forma fatal...
Nem se o viu, pois que se passou mal...
Passa o ano, passa a vida, e afinal,
volta a ter-se outro falso natal...

E Jesus, sempre posto de lado
mesmo sendo o anfitrião,
nem em prece se vê por lembrado,
pois o mundo não quer salvação                           .                                                                                                          
               
Não existe Natal sem Jesus,
Pois não há Vida onde não há Luz.
O natal que ao mundo convém,
Não é o mesmo Natal de Belém.

Mas a nós, que já O conhecemos
como Fonte de Verdade e de Luz,
é mister que de fato saibamos
comemorar o Natal de Jesus.

Dando aos pobres não migalhas à toa,
como o rico para  com Lázaro fez...
É de Cristo quem sempre se doa
com Amor, e não com mesquinhez.

Quem não sabe amar ao seu próximo,
sempre age de forma impudica:
não apenas rejeita a Cristo,
 como assim sempre o crucifica...

Essa data foi tão deturpada...
muita fé se perdeu, se esgotou...
A virtude está desgastada,
o pecado se multiplicou.

As verdades do homem são pequenas,
pois a Luz, Essa ele rejeitou.
Continua com noel e as renas,
e os gnomos, que se acrescentou...

Óh, tristeza saber que o humano
que se diz ser “feitura de Deus”,
só tem casca, pois atrás desse pano
é pior que os piores ateus...

Não existe Natal sem Jesus,
pois não há Vida, onde não há Luz!
O natal que ao mundo convém,
não é o mesmo Natal de Belém!

“e o Verbo se fez carne, e habitou entre nós, cheio de graça
e de verdade. E vimos a Sua glória, como a do Unigênito do
Pai.”  João 1: 14.



Maria Piedade

A uma corajosa e humana cidadã, cujo nome é:
Yvone Bezerra de Mello, mãe postiça dos menores
de rua da Candelária – RJ, assassinados em agosto
de l.993.

( Juízes 5: 7; Provérbios 31: 8 e 9.)

M
aria Piedade
saía às ruas
da grande cidade
pra ver se acudia
                    crianças semi nuas,
                    criadas nos guetos,
                    calçadas, bueiros,
                    do imenso Brasil,
                    que nunca foi mesmo
                    dos tais brasileiros.
O nome da moça,
a bem da verdade,
não era Maria,
mas tinha piedade.
                    Remava sozinha
                    o barco furado
                    da sorte mesquinha,
                    do direito negado...
Remava, remava
nas altas marés.
Lutava, lutava,
contra fatos cruéis.
                    Em faca de pontas
                    se esmurrava sem dó!
                    O sangue dos cortes
                    escorria no “pó”
                    das ruas malditas
                    da cidade demente,
                    que adora ao profano,
                    e, onde o pobre indigente 
                    não é um ser humano... 
Assim, a poeira
misturada ao seu sangue,
atingia o nariz
da sociedade exangue,
cadente, doente,
horrivelmente brutal,
que tossia, espirrava,
e desligava o canal
                   Que tanto insistia
                    em mostrar numa tela
                    a total crueldade
                    da  “Cidade Bela”.
                    Pois um dia, Piedade
                    foi aos renegados,
                    mas não mais os achou...
Só corpos tombados
por armas cruéis
de alguns da polícia local,
que lavam os pés
de forma banal,
no sangue que julgam
ser de animal...
                    E Piedade chorava...
                    Não podia sorrir.
                    Assim se mostrava
                    ser mãe, sem parir,
                    pois mãe, é quem educa,
                    quem quer reerguer
                    aquele que erra!
Piedade era o Amor
de DEUS cá na terra!
Porque, para amar tantos seres
sem identidade,
desprezados por todos
da vil sociedade,
é preciso que DEUS
derrame Bondade
no coração de Yvone,
ou de Maria Piedade!    



Não Temas; Crê Somente!

(  Lucas 8 : 50  e Lucas 24: 13 ao 17 )  

Fixando o olhar na árvore campestre
que há muito tempo já não florescia,
lembrei-me das palavras do Bom Mestre
que a um aflito pai dissera um dia :
-         Não temas, crê somente !
                  
Olho para a estrada poeirenta
no trecho onde já me é passado,
e vejo que só quem me sustenta
é o Senhor, que também me tem falado:
-         Não temas, crê somente!

O  caminho me parece estreito e escuro
como naquela triste tarde em Emaús.
Mas Cristo me diz: - Estás seguro,
pois sou eu quem sempre te conduz.
Não temas, crê somente !

E quando  me sinto tão ferido,
com o meu pé pronto a vacilar,
ouço Cristo falar ao meu ouvido:
-         Pela fé tu podes caminhar !
Não temas, crê somente !

E então, com meu passo bem firmado
no Caminho de Verdade e de Luz,
já não me sinto mais abandonado
na estrada poeirenta de Emaús.

E assim, posso ver a flor do campo
que há muito tempo eu já não mais  via.
E entendo que as lágrimas do meu pranto
que inúteis sempre me pareciam,
é que fazem brotar tantas sementes
que futuramente serão grandes arbustos.
E posso ouvir Cristo me dizendo novamente:
-         Não temas, crê somente,
pois delas colherás flores e frutos !!!.

Visite o blog da autora: http://heloraiz.blogspot.com.br/

Um comentário:

Pastor Julio Fonseca disse...

A paz do Senhor.
Sou o Pastor Júlio Fonseca do site www.idagospel.com, venha por intermédio deste convidá-lo(a) para divulgar seus blog em nossa rede social cristã, basta apenas cadastrar seu blog uma única vez e todas as futuras postagens que você fizer serão divulgadas em nossa rede, é simples, rápido, prático e grátis.
Nosso objetivo é criar uma rede cristã de evangelização e dessa forma unir o povo de Deus.
Se você se interessou nos visite e faça seu cadastro.
Desde já agradeço sua atenção.
Pastor Júlio Fonseca

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...