quarta-feira, maio 16, 2007

Um poema de Izabel Freiman

Me achegando a Ti

Senhor,
Quero falar-lhe...
Embora não saiba se terei palavras
Se existem palavras
Que caibam nessas linhas
E que expressem Teu imenso amor por mim
E meu amor por Ti.

Senhor,
Se não for muita ousadia minha,
Gostaria que estas palavras chegassem até Ti
Ou melhor,
Por meio destas palavras,
Quero eu me achegar a Ti.

Quero tocar teu coração,
Em Tua presença
Quero eu dizer, o quanto Te amo...
Quero Tua face tocar
Com minhas mãos, criação de Tuas mãos
Teus cabelos acariciar.

Nos Teus braços me deixarei ficar...
E ainda Senhor...
Quero olhar em teus olhos,
Me perder na ternura do teu olhar
E no teu abraço me encontrar.
Quero ouvir
O sussurrar da tua vontade,
Do teu querer
Bem próximo ao meu ouvido.

Então, vou dizer-te Pai...
Que não importa o que aconteça
Sempre, sempre vou te amar.
E quando as lutas e adversidades me sobrevierem,
Esperarei por Tua Providência.
E ainda que me falte o chão...
Não temerei não
Pois sei que segura estou
Em Tuas mãos...

Um comentário:

V.Gusmám disse...

Muito bom...
Típico salmo de quem conhece a DEUS...

Gostaria de postar tbm nesse blog, como faço?

vou mandar parte de um aqui!

''
Essa aura que me abranda
Que me invade e me acalanta
Este fôlego que tão doce me atrai
Por Bem me alcança ainda
Enquanto ao Amor; a frieza descai.

Sopro esse que tão singelo me acende
E com seu jeito aplaca minha ira
Que de minha índole desprende
E a ser uma dádiva sincera me ensina...
Nessa Batalha que não durará pra sempre.

(V.Gusmám)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...