segunda-feira, junho 09, 2008

Um poema-protesto de minha autoria


APOSTASIA ADVINDA

Apostasia, Rainha do Hoje,
Reino (des)Encantado das Aparências...
Ninfa Bacante da Hipocrisia, a apostasia avança:
Lépida bailarina,
Semi-nua, semi-deusa, sereia
De canto fractal, fraturante, fraudulento,
Vestida com um talieur feito
De lâminas de Gillette
(Apostasia uma menininha rodopiante Quase ao gosto de todos)
& ela
Baila & retalha,
Baila & retalha,
Baila & retalha...

Apostasia,
prostituta de desfraldado cio
Com uma auréola na cabeça
De doce mordedura
Porém letal incontornável peçonha

Camaleônica,
Camuflada na multidão que responde em uníssono
Ao apelo da moda:
- “Oh, hoje sou evangélico”,
Mas se recusa a nascer de novo,
E fazem-me lembrar
Como todos se diziam cristãos
Sob Constantino,
Constantino que almejou expandir a Porta Estreita
(que-sempre-será-estreita),
Constantino que quase(?) ferrou com tudo.

Sob o bafo de sua influência
Vejo irmãos deixando de pregar e orar para cantar,
E cantar e cantar
E cantar mais um pouquinho,
Pânica metralha...
Consumidores de bênçãos,
Consumidores de Deus
Mas
Surdos ao som do shofar,
À trombeta do atalaia
Que clama por santidade
E rasga suas vestes em arrependimento

Irmãos a amontoar doutores, doutrinas,
Bandeiras de igrejas
E torrentes (hoje até em bits) de amor fingido
Consumidores de bênçãos,
Consumidores de Deus (forçoso é repetir este refrão)

Eis a Apostasia que viria,
Linda e já chegada, Nova Luz Advinda
Fogosa & fagueira, & faceira
Te convidando para ver
Mutantes na TV,
Aí no teu sofá teleologicamente assentada.
A Bíblia segue o único veneno para erradicá-la,
Contanto que não esteja espada cega,
Com certos & fundamentais versículos apagados...

Apostasia, a menina dos olhos de Satanás
Globalizada cortesã que veio oferecer
(distorcer a Bíblia, eis seu dever)
O melhor desta terra
O melhor desta terra
O melhor desta terra

Heroína, cocaína advinda para arrancar
A cruz de nossas costas.

Salve, Rainha!

Sammis Reachers

* Será a apostasia não o puro, simples e total abandono da fé cristã, mas sim o abandono da Verdadeira Fé, por uma mais fácil, mais cômoda e adaptada? Quantos hoje vivem o cristianismo como relatado no livro de Atos?

3 comentários:

Seminário disse...

Que Deus continue abençoando seu trabalho e nos edificando com seus post Fica Na Paz!!!!
Seminario Internacional Teologico de São Paulo

Velho Pescador disse...

Parabéns, meu irmão.
Foi fundo, e precisamos mais e mais proclamar a Verdade, o Evangelho que salva.
Vai, e não peques mais.

Venha como estás.
Não para ser "adaptado", mas transformado pelo poder do Evangelho.

Buscai a santificação, sem a qual ninguém verá a Deus.

Abraço.

Sammis Reachers disse...

Obrigado meu amigo!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...